A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E A IDENTIDADE ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA

Mairon Escorsi Valério

Resumo: Este artigo analisa o peso da identidade econômica da América Latina no discurso da teologia da libertação. Aponta de que modo a ideia de América Latina foi construída pela teologia da libertação a fim de legitimar-se como alternativa político-pastoral para o catolicismo latino-americano entre 1960 e 1990. Para tanto, primeiro estabelece uma definição conceitual da teologia da libertação, questionando a percepção da literatura militante de amplo movimento social surgido na base. Propõe a definição da teologia da libertação como movimento discursivo levado a cabo por intelectuais católicos em rede. Posteriormente destaca o processo de construção da identidade latino-americana desta teologia e de como a América Latina é significada e inventada a partir de um conjunto de discursos que a definiram historicamente como lugar de pobreza e subdesenvolvimento.

Palavras-chave: Teologia da Libertação. América Latina. Identidade.

Download (PDF, 999KB)